terça-feira, 6 de outubro de 2015

Sim, eu tenho espírito de aventura

Garota desbocada é um espaço visualmente tosco, ideologicamente irreverente, em que posto artigos politicamente incorretos sobre as minhas insatisfações e inquietações. Se quiser rir e praguejar comigo, entre e fique à vontade RS
 
 
Sim, eu tenho espírito de aventura. Não estou falando de fazer trilha, me enfiar no mato com uma bicicleta e uma mochila nas costas até mesmo porque não sei andar de bicicleta, não tenho o menor perfil atlético e tenho verdadeiro horror de tudo que envolve uma trilha ou acampamento. 
 
Pernilongas chupando meu sangue até eu virar uma brotoeja gigante. Andar e transpirar até perder a fé na vida. Ficar sem acesso aos filmes do NOW, uma boa garrafa de vinho, uma cama macia e um chuveiro caindo bastante água quente.
 
Sim, eu tenho espírito de aventura e muito preparo mental para criar e me atirar sem paraquedas de montanhas imaginárias, escalando ideias, percorrendo saberes, transpirando sentimentos.
 
 Eu tenho espírito de aventura quando digo que gosto do seu cheiro. Eu tenho espírito de aventura quando me deixo ficar presa entre seus braços. Eu tenho espírito de aventura quando te peço mais um pouco do seu abraço.  Eu tenho espírito de aventura quando te olho e te convido para qualquer coisa sem dizer nada. Eu tenho espírito de aventura quando te induzo ao erro com um sorriso meigo.
 
Sim, eu tenho espírito de aventura quando me permito ser eu mesma: inconveniente , inadequada, irreverente. Falo alto demais, falo palavrão demais, amo demais, acredito demais, mando à merda com um olhar, com o mesmo olhar que jurou amor, bato os pés para andar, boto os cotovelos na mesa, rio de escatologia e não me encaixo em nenhum pacotinho fechado. Não sou elegante, não sou comedida, não combino com uma bolsa Prada.
 
Sim, eu tenho espírito de aventura quando me descubro e me vejo na escrita , nos teus olhos, no teu sorriso encabulado. Sim, eu tenho espírito de aventura quando vejo que te constranjo e   rearranjo qualquer coisa em você.
 
Sílvia Marques é escritora, professora doutora e escreve regularmente na Obvious. Viciada em café, chocolate, vinho barato, dias nublados, filmes bizarros e pessoas profundas.
 
 
 

4 comentários:

  1. Respostas
    1. Que bom, Luana! Acho que nós mulheres somos bem corajosas nas redes subjetivas da vida RS Bj

      Excluir
  2. Adorei, Silvia. E como é bom ler um texto bem produzido e que nos prende a atenção, porém, simples e sem rodeios e palavras difíceis. E ao mesmo tempo, com um toque de comédia. Parabéns!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada pelas palavras tão animadoras, Ana! Abs!

      Excluir