terça-feira, 13 de outubro de 2015

De qual lado da força você está?

Garota desbocada é um espaço esteticamente tosco, ideologicamente irreverente, em que posto artigos politicamente incorretos sobre as minhas insatisfações e inquietações. Se quiser rir e praguejar comigo, entre e fique à vontade RS
 
Assisti a uma palestra deliciosa do professor Clóvis de Barros Filho sobre alguns conceitos fundamentais para entender o pensamento de Nietzsche.
 
Como o Garota desbocada não é espaço para blá blá blá acadêmico, como o Garota desbocada é o meu cantinho profano e dos prazeres irreverentes, me restringirei a falar sobre uma ideia que me fez rir sozinha num  múltiplo orgasmo intelectual.
 
Nietzsche defendeu que havia dois tipos de forças: as ativas e as reativas. Colocando num Português bem claro e ao gosto do professor Clóvis , quem tem forças ativas são os fodões, são os caras e as caras que fazem e acontecem. Para Nietzsche os artistas apresentavam o máximo da potência! Porém, arte vai além de pintura, literatura , música e o cacete a quatro. Uma aula dada com tesão , um trabalho qualquer feito apaixonadamente é uma espécie de arte para Nietzsche.
 
Já os que apresentam forças reativas , são, como o próprio professor Clóvis falou e eu amei de paixão: os empata foda. Os cuzões de plantão que ficam regulando o gozo alheio. O mundo burocrático para Nietzsche é o mundo dos reativos.  Eu era nietzschiana e nem sabia...me dá calafrios e vontade de delirar até a morte só de pensar em resolver qualquer procedimento burocrático.
 
Peça meu coração numa bandeja de prata, me peça fidelidade , amor eterno, me peça para relacionar Bauman, Aldous Huxley , Nietzsche, Deleuze, Foucault , Teoria da Comunicação com artes em geral e tragédias da vida , mas não me peça para ler um edital ou preencher um formulário...eu não sei, eu não entendo, eu começo a suar e a tremer como um neurótico de guerra!
 
Mas voltando aos reativos, é aquele tipo de colega que nunca gosta de nenhum projeto novo porque as coisas estão funcionando mais ou menos do jeito que estão. Não são grande coisa, mas pelo menos é um ruim familiar.
 
É o chefe que só lembra que você existe quando você faz cagada para dar uma enquadrada gostosa em você.
 
É o amigo broxante que se sente um merda e faz de tudo para você se sentir uma bosta.
 
É o professor mais preocupado em anotar falta. É o aluno mais preocupado em responder chamada. É todo merdinha que gosta de jogar água quente no chope alheio. É todo merdinha mais preocupado em alfinetar e ferrar e vigiar os outros do que desenvolver a própria energia vital.
 
Sílvia Marques é escritora, professora doutora e escreve regularmente na Obvious. Viciada em café, chocolate, vinho barato, dias nublados, filmes bizarros e pessoas profundas.
 
 
 
 
 
 
 
 
 

7 comentários:

  1. Tive o prazer e a honra de cursar ética com o Prof. Clóvis de Barros e ele é simplesmente sensacional!!! Cada aula um convite pra reflexões infinitas de vida, da nossa convivência e das escolhas que fazemos e estamos fazendo. Se hoje sou um pouco mais lúcido e consciente, devo muito a esse cara "do caralho"!!! Hahah

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Teve aula com o Clóvis??????? Ai, que inveja RSRSRS Estou estudando Filosofia por conta própria e vejo muitos programas do Café Filosófico. Estou aprendendo muito com as palestras do professor Clóvis. Além de muito didático, a gente se diverte pra caralho. É bom demais!

      Excluir
    2. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

      Excluir
    3. Sim, Sílvia! Estudei na ECA e tive essa honra! E continuo, igualmente, estudando mais por conta própria a Filosofia e, como brinco com ele, "perseguindo" o Prof. Clóvis por SP nas Palestras ou pela internet em cursos online e no vasto material que, felizmente, temos à disposição hoje. Aliás, não sei como tens te abastecido nesse sentido mas, mesmo sem saber também se já os conhecesses, te recomendo dois sites, além do próprio Youtube claro, que disponibilizam cursos muito bacanas do Prof. Clóvis:
      Um deles é o Veduca. Esse Portal contém dois cursos do Prof. Clóvis que foram gravados por ele mesmo em sala de aula e são totalmente gratuitos. Um deles é o de Ética que é excelente, mas que, obviamente, não corresponde a integralidade do que vemos ao longo do curso inteiro presencialmente com ele. O outro, tão interessante quanto, é o de Ciência Política.

      Outro Portal onde encontrarás muito conteúdo do Prof. Clóvis e, aliás, de diversos outros tão excelentes quanto ele, é na Casa do Saber. A grande e primeira diferença é que todos os cursos são pagos, mas, se nunca os fizesses, posso garantir, valem muito a pena!

      Enfim, Sílvia, acabei me estendendo no comentário, mas espero, ao menos, que ele sirva para acrescentar algumas fontes para alimentar ainda mais esse estágio tão delicioso e libertador de paixão pela Filosofia que vives hoje para que, aos poucos, se transforme em um completo e pleno caso de amor. Heheh

      Abraços, sucesso e bons estudos!

      Excluir
    4. Gostei da referência à paixão Rs Sim, espero que esta paixão insana pela Filosofia vire um casamento para a vida toda. Estou aprendendo muito com as palestras do professor Clóvis e outras muito boas também. O gostoso de hoje é que podemos aprender muito sem gastar nada , da tela do PC. Agradeço imensamente as indicações de sites! Grande abraço!

      Excluir
  2. Baaahh, esse texto descreve bem as forças que discutíamos com a minha professora de mestrado. Muuitoo bom!!! Vou compartilhar as tais forças hehehehehe beeijoos, to viciada no teu blog :)

    ResponderExcluir